Ex-gay: “Pessoas estão deixando o estilo de vida LGBTQ para seguir Jesus Cristo”

A existência de pessoas que se declaram ex-homossexuais é uma realidade que não pode ser mais ignorada, nem mesmo pelo próprio movimento LGBTQ, que durante anos vem se esforçando para negar tal possibilidade. Mudanças são possíveis e elas são observadas por Jeffrey McCall, fundador da “Marcha da Liberdade”, nos EUA.




“Estamos vendo milagres. Pessoas de todo o país estão deixando o estilo de vida LGBTQ para seguir Jesus Cristo. Quando eles nos vêem, o que estamos fazendo e representando, mostra a eles o poder de Deus e que Ele nos quer também”, disse ele.



McCall, que se declara ex-homossexual, se referiu ao número cada vez maior de pessoas, homens e mulheres, que aderem à Marcha da Liberdade, a qual tem por objetivo testemunhar ao mundo que é possível mudar não apenas de comportamento sexual, como também de pensamento.


“O movimento cresceu muito. Estamos apenas continuando a compartilhar o testemunho de pessoas que deixaram o estilo de vida LGBTQ para seguir Jesus. Continuamos esse movimento, mas com novas pessoas compartilhando todos os anos”, afirmou ele em uma entrevista para o Charisma News.



O acolhimento religioso



A maioria dos ex-homossexuais integram grupos religiosos, sendo as igrejas evangélicas o principal lugar de acolhimento dessa população. O motivo disso, supostamente, se deve ao fato de que o meio secular desacredita na existência de gays que desejam mudar seu comportamento, enquanto os cristãos oferecem apoio e orientação.


“Estamos todos muito honrados em compartilhar o que Jesus fez em nossas vidas. Todos nós deixamos a vida LGBTQ para seguir Jesus, e nossa rendição está produzindo grandes frutos para o reino de Deus”, observou McCall, que antes de abandonar o homossexualismo viveu por muitos anos como “Scarlet”.


“O propósito de toda a minha vida agora é continuar compartilhando o amor de Cristo”, disse ele em outra ocasião, onde contou o seu testemunho de vida e conversão. Para conhecer, clique aqui.



FONTE: Gospel Mais

Páginas

Notícias

Quem somos

Comunidade

Anuncie

© 2016 - 2020  Web Rádio Monte Sinai Gospel