Coronavírus: governo de Rondônia decreta situação de emergência de saúde pública

Secretário de Saúde, Fernando Máximo, assinou documento para medidas temporárias de prevenção nesta segunda-feira (16). Não há casos confirmados no estado.



O governo de Rondônia decretou situação de emergência em saúde pública nesta segunda-feira (16) decorrente da propagação do novo coronavírus pelo Brasil. Não há casos confirmados no estado para Covid-19.



O documento nº 24.871 foi assinado pelo Secretário de Estado de Saúde (Sesau), Fernando Máximo, e entra em vigor a partir desta terça-feira (17). Entre as medidas de prevenção que constam no decreto, há a suspensão inicial das aulas da rede pública no estado por 15 dias, anunciada pelo governo na manhã desta segunda-feira (16).


Segundo o secretário de Educação, Suamy Vivecananda Lacerda de Abreu, a determinação para suspensão das aulas vale para faculdades, creches e escolas privadas.


"O decreto será de 30 dias, mas nos 15 dias iniciais nós vamos estudar a situação do estado. Se tiver melhorado a questão de Covid-19 em 15 dias, nós retornamos com as aulas. Se não, ficará parado com 30 dias", disse Suammy.



O decreto também suspende:


Eventos, treinamentos, reuniões ou qualquer atividade que tenham mais de 100 pessoas;


Viagens oficiais, exceto quando é de extrema necessidade pública;


Atividades coletivas de cinema e teatro;


Atividades físicas em locais fechados.


O texto diz ainda que visitas e entradas a hospitais e sistemas penais do estado serão regulamentadas pelas respectivas secretarias. Também revela que os estabelecimentos comerciais e industriais precisarão disponibilizar álcool em gel 70% em área visível e de fácil acesso.


O governo de Rondônia diz que há 24 casos suspeitos da doença no estado, mas o Ministério da Saúde contabiliza apenas dois casos em investigação e um descartado, de acordo com boletim divulgado na tarde desta segunda.


Um dos casos apurados pelas autoridades de Rondônia é o de uma criança de 11 anos, que retornou de uma viagem dos Estados Unidos e apresentou sintomas do novo coronavírus.



FONTE: G1

Páginas

Notícias

Quem somos

Comunidade

Anuncie

© 2016 - 2020  Web Rádio Monte Sinai Gospel