Casos de dengue em Porto Velho crescem mais de 50% em 2020

Porto Velho já acumulou 41 casos de dengue em 2020, diz Semusa


Levantamento da Secretaria Municipal de Saúde revela que houve 41 casos este ano. Pasta diz que finaliza relatório para identificar bairros com maior incidência.


O número de casos de dengue cresceu 52% em janeiro deste ano em Porto Velho, se comparado com o mesmo período do ano passado. O levantamento da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) revela que, em 2019, foram detectados 27 casos. Já este ano, houve 41 registros, mesmo antes do mês acabar.

Conforme a pasta, um relatório está em fase de conclusão para identificar os bairros do município que apontam maior incidência de focos do mosquito Aedes aegypti, além de direcionar as equipes para os trabalhos de prevenção e combate à doença.


Para combater a infestação do mosquito transmissor, além o suporte das autoridades, o cidadão também pode eliminar os focos ao adotar as estratégias de combate ao mosquito.



  • Colocar areia nos vasos de planta ao invés de água. Nos que tiverem água, limpar bem com uma escova e sabão, só tirar a água não adianta;

  • não jogar lixo e entulho em locais sem coleta;

  • limpar calhas d'água;

  • não deixar água parada em garrafas, tampas, baldes, bacias, pneus;

  • tampar a caixa d'água;

  • uso de repelentes;

  • colocar água sanitária nos ralos.


FONTE: Cássia Firmino, Rede Amazônica — Porto Velho

Páginas

Notícias

Quem somos

Comunidade

Anuncie

© 2016 - 2020  Web Rádio Monte Sinai Gospel